Clínica do Kanji #8 – Deixe sua imaginação voar na Terra do Kanji!

ebook-728x90

Coluna #8 Clínica do Kanji, The Japan Times, 7 de Setembro de 2001

“Deixe sua imaginação voar na Terra do Kanji!”

Desde remotas inscrições chinesas em ossos ou cascos de tartarugas, os ideogramas vem contando histórias. Ao longo dos milênios, esses ideogramas tornaram-se mais abstratos e complexos, porém cada um dos milhares de ideogramas parece ser baseado em algum aspecto da vida humana: religião, sexo, politica ou violência, assim com família, comida ou natureza. Assim, os ideogramas usados no Japão Moderno estão enraizados no cotidiano da antiga China.

Estudiosos vêm tentando explicar a tempos por que cada kanji é formado da maneira que é. Para ajudar aprendizes adultos, provenientes de lugares onde o kanji não é usado, a aprender os ideogramas, muitos professores de Japonês (assim como escritores de livros sobre kanji) costumam citar as teorias históricas do kanji. Há muitas opiniões confusas e muitas vezes divergentes quanto a história e formação dos ideogramas. Muitos ideogramas foram mal copiados, simplificados e modificados ao longo das eras, conforme eram usados por gerações e gerações. A triste e grande verdade é que os estudos etimológicos do kanji [estudos da história do kanji] são totalmente falhos no que diz respeito a organizar um sistema para o aprendizado dos aproximadamente 2000 ideogramas de uso geral no Japão.

Até que você tenha internalizado todos os ideogramas de uso geral, tentativas de aprender a etimologia das centenas de ideogramas resulta somente em mais problemas para sua memória. Essas explicações são úteis DEPOIS que você aprender a forma e o significado dos ideogramas, pelo valor das conotações que oferecem no uso dos ideogramas. Para aprender as formas e significados dos ideogramas de uso geral, eu recomendo a você usar recursos com histórias não diretamente ligadas a etimologia do kanji. Você utilizará a “análise de componentes”, um sistema que “quebra” o kanji em vários elementos menores e associa cada um a uma palavra na sua língua. Junto com isso, o que você precisa é uma única e vívida história para cada kanji, que ligue esses elementos de um modo memorável. Alguns seguidores da análise de componentes notaram que criando suas próprias histórias, ao invés de usar as histórias já prontas de livros, ajuda a gravar o kanji em sua memória. Você deve ter provavelmente criado algumas histórias em seus estudos de ideogramas. Talvez foi relutante em escrever essas histórias no papel, talvez elas eram meio sem nexo ou divertidas, ainda mais se comparadas as tradicionais explicações etimológicas do kanji, não é mesmo?

O fato aqui é que a maioria de nós que deseja ser “amigo” dos ideogramas, não deseja ser um estudioso dos ideogramas– nós desejamos simplesmente ler em um nível adulto de Japonês. Se você quer um sistema racional para utilizar as experiências e fantasias de sua própria vida para criar histórias memoráveis para os ideogramas, talvez queira adquirir o livro “Kanji ABC–A Systematic Approach to Japanese Characters,” de Andreas Foerster e Naoko Tamura’s, o qual assume que seu objetivo é não menos que aprender todos o ideogramas de uso geral. Estes dois escritores, marido e mulher, usam uma abordagem “Lego”: São 486 componentes ou peças, como um jogo de Lego — dos terços dos quais são ideogramas ou radicais – que permitem a você construir seu próprio castelo de ideogramas! Nunca um kanji é apresentando sem que seus componentes tenham sido previamente apresentados e nomeados. Após conhecer os componentes de um ideogramas, o próximo passo e deixar sua imaginação correr e criar histórias para ligar estes componentes de uma forma memorável.

Usando components do “Kanji ABC,” criei duas histórias que usam o componente 夫(“marido”):

規 regulamentos

Um dos regulamentos de todos os bons maridos 夫 é sempre observar見 (見 é “ver”) suas mulheres. (regulamenteo dos maridos é observar)

替 substituir

Meu primeiro marido 夫 pegou tanto sol 日, que acabou queimando e eu tive que substituí-lo por outro marido 夫. (“O Segundo marido substitui o primeiro que pegou muito sol.”)

Qualquer coisa pode acontecer na Terra do Kanji que existe em sua mente. Seja isso fantasia, cotidiano, pessoas, sexo, sonhos, etc. O que vai determiner se você lembrará do kanji daqui a três ou quatro anos é a qualidade e precisão de suas histórias. Acabe com a frase “Kanji wa muzukashii”! Nenhum kanji é difícil, você apenas não descobriu a história correta ainda!

Veja os melhores preços de livros de japonês, livros de kanji, dicionários de japonês, DVD de Anime e Manga!

Gostaria de receber dicas de japonês direto no seu email? Basta digitar seu e-mail aqui e clicar “Assinar” 

This entry was posted in Ideogramas japoneses and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *