Gramática, precisamos dela?

ebook-728x90

Segue um exemplo de explicação gramatical do livro “Minna no Nihongo”, referindo-se a frase:
わたしはマイク・ミラーです
[watashi wa maiku miraa desu]

1. N1はN2です
1) Partícula は
A partículo は indica que a palavra que vem antes é o tópico principal da sentença. Seleciona-se um substantivo do qual se quer falar, adiciona-se は para indicar que esse substantivo é o tópico principal e se faz uma declaração acerca desse tópico.
1-わたしはマイク・ミラーです Eu sou Mike Miller.
Nota: A partícula は se lê わ

2)です
Os substantivos usados com です funcionam como predicados. です indica julgamento ou acerção. です também transmite que o falante está sendo polido ao ouvinte. です flexiona-se quando a sentença é negativa ou no tempo pretérito.
1-わたしはエンジニアです Eu sou engenheiro.

Eu me pergunto se precisamos de tudo isso para entender que “watashi wa miku miraa desu” significa “Eu sou Mike Miller”? Não é mais fácil manter as coisas simples, entendermos que em japonês não se fala “Eu sou Mike Miller”, mas sim “watashi wa miku miraa desu”, assim como em inglês fala-se “I am Mike Miller”. Lendo e escutando a frase “watashi wa miku miraa desu”, acostumamo-nos com ela, adquirimos as frases e palavras naturalmente, sem perder os cabelos com explicações gramaticais como as vistas acima. Nós aprendemos nossa língua nativa assim, naturalmente, eu não vejo por que não podemos aprender outras do mesmo modo. Fica o tópico para os leitores refletirem e comentarem!
Gostaria de receber dicas de japonês direto no seu email? Basta digitar seu e-mail aqui e clicar “Assinar”

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *